Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Gaúcha do Norte,27 de Junho de 2022 - Segunda Feira

Juiz converte em preventiva prisão de pai pego em motel de Sinop denunciado por estuprar a filha há 5 anos

Agora, ele deve ser encaminhado à uma unidade prisional

Justiça | 20/06/2022 - 16:05:07


O juiz plantonista, Rodrigo Alfonso Campestrini, converteu, ontem, em preventiva a prisão do homem, de 63 anos, pego em ação da Polícia Militar, no sábado, em um motel de Sinop, após ser denunciado pela filha, de 16 anos, por estupro. A adolescente estava no local e relatou que os abusos acontecem há mais de cinco anos. O Conselho Tutelar também acompanhou o caso. Agora, ele deve ser encaminhado à uma unidade prisional.

O magistrado argumentou na decisão que o depoimento da filha, do conselheiro tutelar que prestou atendimento à vítima e do policial militar que atendeu a ocorrência vão “no sentido de que, há cinco anos, a vítima sofre reiterados abusos sexuais praticados em tese pelo pai”. “Em adição, pondero que em crimes sexuais a palavra da vítima ganha especial relevância, notadamente por conta do modo frequentemente oculto com que são praticados”, ressaltou.

Já sobre o periculum libertais (risco que decorre do estado de liberdade do agente, neste caso o pai), o juiz também entendeu “estarem presentes os requisitos ensejadores da prisão preventiva do autuado”. “No particular, a custódia cautelar deve ser decretada para conveniência da instrução processual penal, haja vista que, conforme narrado acima, o custodiado aparentemente vem agindo com reiteração, há cinco anos”, considerou. Além disso, ressaltou que vítima e investigado vivem no mesmo imóvel, portanto, “qualquer outra medida alternativa à prisão seria insuficiente para proteger a incolumidade física e psicológica da vítima”.

O magistrado reforçou que a prisão preventiva também se suporta para “garantia da ordem pública, em razão do grau de gravidade concreta manifestado pelo agir, em tese, do custodiado, quem teria se prevalecido das relações domésticas para perpetrar os estupros contra a filha, desde que tinha apenas 10 anos e, bem assim, teria se valido dessa mesma condição familiar para amedrontá-la, com uma educação severa. Assim, também para reforçar o resguardo da vítima (e outras possíveis testemunhas) de virem a sofrer novos atos de violência diante da gravidade concreta do delito e da periculosidade atual do custodiado, é que a prisão tem lugar como salvaguarda da ordem pública”.

Conforme Só Notícias já informou, consta no registro da ocorrência que a PM foi acionada por um conselheiro, que relatou que a vítima havia denunciado para uma professora que sofria abusos de seu pai. A professora passou o número de celular da adolescente e o conselheiro manteve contato com ela.

Na conversa, a vítima apontou que o pai já havia dito que iriam em um motel e ela conseguiu informar ao conselheiro o nome do local. A guarnição da PM já estava acompanhando a conversa e imediatamente se deslocou, onde os encontrou já em um apartamento.

Na confecção do boletim, a adolescente relatou que o criminoso a ameaçava, inclusive de morte. Detalhou também que não queria que a prisão fosse na residência que moram por vergonha e que não aguentava mais os abusos, procurando ajuda da professora.


Fonte: SÓ NOTÍCIAS

SORRISO - 24/06/2022

Fazendeiro denuncia mulher por atear fogo em lavoura para se vingar do ex dela que trabalha na propriedade em MT

Horas antes do incêndio, a mulher teve uma discussão com o ex-namorado dela, que trabalha na fazenda, e ameaçou que voltaria para se vingar.

POLÍCIA - 23/06/2022

Dupla é detida pela Polícia Civil do MT com mais de 300 pacotes de defensivo proibido no Brasil

As embalagens, de origem chinesa, traziam especificações no idioma espanhol

FURTO - 22/06/2022

Polícia Civil prende ex-funcionário de fazenda envolvido com furto de gado no Araguaia

A ação resultou ainda na apreensão de três veículos adquiridos com a venda das cabeças de gado furtadas

CRIME - 21/06/2022

Polícia Civil prende em flagrante pai que matou bebê asfixiado em Primavera do Leste

O suspeito alegou que o filho enrolou o fio do carregador do celular no pescoço, versão foi descartado pela perícia.

Ver todos

SELECT * FROM mega_noticias WHERE status > '1' and publicacao <= '2022-06-27 01:27:39' and cat='24' and cod_mega!='6434' ORDER BY publicacao DESC limit 4


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!