Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Gaúcha do Norte,27 de Junho de 2022 - Segunda Feira

Aécio anuncia filiação do governador Pedro Taques ao PSDB

Presidente do PSDB chamou Taques de 'reforço de altíssima qualidade'

POLÍTICA | 19/08/2015 - 07:27:40


Taques confirmou filiação ao PSDB por meio de sua assessoria

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), anunciou na terça-feira (18) que o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, decidiu se filiar ao partido. Por meio de sua assessoria, o governante mato-grossense confirmou a filiação à sigla oposicionista.

Eleito para o comando do estado no ano passado, Taques se desfiliou do PDT no dia 10 de agosto, mas, na ocasião, não informou para qual legenda iria se transferir. Ele justificou a decisão de deixar o PDT pelo fato de a legenda apoiar o governo Dilma Rousseff.

"Depois de inúmeras conversas [...] quero anunciar a filiação ao PSDB do governador do Mato Grosso, Pedro Taques", disse o presidente do PSDB em entrevista no Senado.

Aos jornalistas, Aécio elogiou o governador de Mato Grosso, a quem chamou de "um reforço de altíssima qualidade" para o PSDB. O senador tucano disse ainda que Taques tem "extraordinária coragem" para defender suas posições e é "absolutamente fiel" a elas.

O presidente estadual do PSDB em Mato Grosso, deputado federal Nilson Leitão, informou que a cerimônia que oficializará a filiação de Taques está marcada para o dia 29.

Pedro Taques
Ex-procurador da República, Taques ingressou na política na eleição de 2010, quando se elegeu para uma cadeira no Senado pelo PDT com 708.440 votos.

Apesar do apoio do PDT ao governo, no Senado Taques adotou postura independente e chegou a liderar uma frente de correligionários para retirar o partido da base de Dilma.

Em nota sobre sua desfiliação do PDT, o governador lembrou que “sempre demonstrou descontentamento com a direção da legenda pelo apoio ao governo”, motivo principal de sua mudança de sigla.

Apesar da divergência em relação ao apoio ao governo, Taques se manteve no PDT e elegeu-se governador de Mato Grosso em 2014 com 833.788 votos (57,25% dos votos válidos).

Entre o ato de desfiliação e o anúncio do ingresso no PSDB, Taques recebeu convites de pelo menos três siglas para filiação. Da parte do PSDB, recebeu convites diretos do senador Aécio Neves e dos governadores Marconi Perillo, de Goiás, e Reinaldo Azambuja, de Mato Grosso do Sul. Do PSB, o mato-grossense recebeu convite do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. Taques também recebeu convites dos governadores Confúcio Moura, de Rondônia, e Marcelo Miranda, do Tocantins, para se filiar ao PMDB.


Fonte: G1 MT

Política - 24/06/2022

Adolescente usa ferro em brasa para marcar 22 de Bolsonaro na pele

Caso ocorreu em Mirassol D’ Oeste (300 km a Oeste de Cuiabá)

Querência - 22/03/2022

Vereador que sacou a arma para outro em Querência é policial aposentado; ele pode ser cassado por quebra de decoro

O policial aposentado foi impedido de atirar por um policial militar que estava na casa de leis acompanhando a sessão

JUSTIÇA - 03/03/2022

Lewandowski suspende última ação penal contra Lula

Lula se tornou réu no ano de 2016

JUSTIÇA - 19/10/2021

TJ afasta Emanuel Pinheiro da Prefeitura; chefe de gabinete é preso

A Prefeitura será assumida pelo vice-prefeito, José Roberto Stopa (PV)

Ver todos

SELECT * FROM mega_noticias WHERE status > '1' and publicacao <= '2022-06-27 02:14:20' and cat='25' and cod_mega!='1553' ORDER BY publicacao DESC limit 4


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!