Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Gaúcha do Norte,27 de Maio de 2022 - Sexta Feira

Atentados deixam civis mortos e feridos na Síria

Observatório Sírio dos Direitos Humanos diz que ao menos 10 morreram. Ataque aconteceu nesta quinta.

MUNDO | 05/05/2016 - 06:00:00


Ao menos 10 civis morreram e 40 ficaram feridos nesta quinta-feira (5) em dois atentados em uma localidade da província síria de Homs (centro), informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A televisão pública citou "mortos e feridos" em um ataque suicida e em um atentado com carro-bomba na praça central de Makhram Fawqani, uma cidade localizada entre Homs e Palmira, de onde os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) foram expulsos em 27 de março, depois de 10 meses de ocupação.

Os ataques aconteceram depois que o EI assumiu o controle da reserva de gás de Shaer, perto da cidade, após uma ofensiva que deixou 16 mortos nas fileiras do regime.

A tomada da reserva, uma das mais importantes da província de Homs, demonstra que as tropas do regime "não são capazes de manter o controle em algumas zonas", nem sequer depois de reconquistar Palmira, afirmou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

O regime controla a maior parte do território desta província do centro da Síria, mas algumas localidades permanecem sob poder dos rebeldes e outras nas mãos do EI.

Trégua em Aleppo
Na quarta-feira (4), o regime sírio anunciou a intenção de respeitar a partir de quinta uma trégua de 48 horas na cidade de Aleppo (norte), abalada por combates entre forças pró e contra o presidente Bashar al Assad.

A trégua negociada pelos Estados Unidos e a Rússia parecia estar sendo mantida nesta quinta-feira, constatou um repórter da AFP no local.

A calma reinava nos bairros da parte leste desta cidade, a segunda maior do país, dividida desde 2012 em setores controlados pelos rebeldes e outros favoráveis ao regime.

Desde 0h01 de quinta-feira (19h01 de quarta-feira no horário de Brasília) a trégua, válida, em princípio, por 48 horas, tem se mantido sem o registro de novos bombardeios.

Muitos comerciantes reabriram suas lojas depois de tê-las fechado durante vários dias por causa dos bombardeios.

Também foi reaberto o mercado de frutas e legumes, onde, em 24 de abril, 12 pessoas foram mortas em um bombardeio.

As pessoas também se animaram a sair de casa e retornar ao trabalho, constatou a AFP.

O diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman, confirmou a ausência de bombardeios, embora tenha anunciado a morte de um civil poucos minutos após a entrada em vigor da trégua, em um ataque no oeste da cidade, controlado pelo regime.


Fonte: G1

Orkut - 29/04/2022

Orkut de volta? Fundador reativa site e diz que está construindo algo novo: ‘Vejo vocês em breve’

Rede social fez grande sucesso nos anos 2000

EDUCAÇÃO - 25/04/2022

Professora que atuou em Água Boa e Canarana representa MT em evento de ciências nos Estados Unidos

Eliete Both estudou boa parte da infância na zona rural na rede pública e vem conquistando espaço na academia como professora

INTERNACIONAL - 24/02/2022

Rússia começa guerra na Ucrânia; Biden diz que serão aplicadas “maiores sanções da história”

Biden diz que Rússia não poderá negociar em dólar, euro, iene ou libra

INTERNACIONAL - 24/02/2022

Rússia avança com ataques na Ucrânia; líderes mundiais prometem reação

Biden, União Europeia e países aliados prometem mais sanções.

Ver todos

SELECT * FROM mega_noticias WHERE status > '1' and publicacao <= '2022-05-27 11:36:49' and cat='59' and cod_mega!='2526' ORDER BY publicacao DESC limit 4


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!