Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Gaúcha do Norte,18 de Janeiro de 2022 - Terça Feira

Vereadores de Cuiabá desistem de aumentar salário após críticas

Câmara havia aprovado salário de R$ 18,9 mil e verba de R$ 11 mil

MATO GROSSO | 10/01/2017 - 12:00:21


Os vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá decidiram desistir do reajuste que aumentaria o salário dos parlamentares a partir deste ano. A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá declarou nesta terça-feira (10) que a decisão partiu após reação negativa por parte dos moradores da capital. Os vereadores também levaram em consideração o momento econômico enfrentado no país.

A Câmara de Cuiabá tinha aprovado o reajuste dos salários dos vereadores, do prefeito e do vice da capital em uma última sessão extraordinária do ano.

De acordo com a Mesa Diretora, o assunto só será debatido em 2020, já que, por lei, o reajuste de salário deve ser aprovado por legislatura. Apesar de afirmarem que o reajuste no salário tinha legalidade, os parlamentares voltaram atrás na decisão e argumentaram que esse não seria o melhor momento para o aumento.

Conforme o vereador Diego Guimarães (PP), que é segundo vice-presidente da Câmara Municipal, a mobilização de moradores fez com que os vereadores revisassem o assunto salarial.

“Esse aumento foi realizado, tecnicamente, sem observar o regimento interno da Câmara. Os colegas, até mesmos os que votaram a favor do aumento, entenderam que precisávamos dar um recado de que os vereadores estão com os moradores e são a favor deles. A forma como o projeto foi aprovado, faltando poucos dias para acabar o ano, geraria uma sensação de desconfiança [dos moradores com os parlamentares]”, declarou o vereador.

Uma petição pública na internet chegou a pedir a redução e a equiparação do salário dos vereadores de Cuiabá com o valor recebido pelos professores da rede municipal.

Salário
A Câmara de Cuiabá tinha aprovado o reajuste dos salários dos vereadores, do prefeito e do vice da capital em uma última sessão extraordinária do ano, no dia 27 de dezembro de 2016. Atualmente, os parlamentares de Cuiabá recebem R$ 15.031,00 e verba indenizatória de R$ 9,1 mil.

Com a aprovação do aumento do salário, cada parlamentar passaria a receber R$ 18,9 mil, além da verba indenizatória no valor de R$ 11 mil, que corresponde a 26% a mais que a remuneração atual. Com a devolução do projeto, o salário dos vereadores não deverá ter aumento pelos próximos quatro anos.


Fonte: G1 MT

EXPANSÃO - 15/01/2022

Primacredi irá dobrar o número de agências em 2022

Cooperativa estima a abertura de 30 pontos de atendimento no Estado

Água Boa - MT - 12/01/2022

Prefeito de Água Boa solicita apoio técnico da Defesa Civil Estadual devido as fortes chuvas no município

A grande quantidade de chuvas vem preocupando as autoridades

AGRONEGÓCIO - 09/01/2022

MT foi responsável por 25% das exportações de soja do país

O volume é 5% maior do que 2020 e superou o recorde de 2018, que era de 83 milhões de toneladas.

MATO GROSSO - 07/01/2022

Governo de MT publica edital para cadastro de reserva com 1.200 vagas para a Segurança Pública

No entanto, ainda não há data para a convocação dos classificados.

Ver todos

SELECT * FROM mega_noticias WHERE status > '1' and publicacao <= '2022-01-18 19:01:28' and cat='26' and cod_mega!='3275' ORDER BY publicacao DESC limit 4


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!