Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Gaúcha do Norte,18 de Janeiro de 2022 - Terça Feira

Agente penitenciário é preso ao entrar com 30 celulares em presídio

Flagrante foi feito pelo diretor da Penitenciária Central, após denúncia

MATO GROSSO | 28/03/2017 - 06:15:16


Agente tentou entrar na PCE com celulares e carregadores nesta segunda (27) (Foto: Roberval Barros/Arquivo Pessoal)

Um agente penitenciário foi detido na manhã de segunda-feira (27) quando supostamente tentava entrar com 30 celulares na Penitenciária Central do Estado (PCE), no Bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá. O flagrante foi feito pelo diretor da unidade prisional, Roberval Ferreira Barros, em uma ação conjunta do Setor de Inteligência e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), após o recebimento de uma denúncia.

Roberval Ferreira afirmou que o servidor, que é lotado na PCE, já estava sendo monitorado há algum tempo. Conforme o diretor da unidade, o agente penitenciário foi levado para a sede do GCCO e ainda deverá prestar depoimento. Posteriormente, ele será encaminhado para uma unidade prisional.

No momento da prisão, Rozenil informou que cada celular seria repassado aos presos pelo valor de R$ 300. Agora, a polícia deve investigar para quem os aparelhos seriam entregues na penitenciária.

Com o agente, foram apreendidos 21 smartphones e nove celulares comuns, além de 18 fones de ouvido e carregadores. Segundo Roberval, ainda há a suspeita de que o servidor tentaria entrar no presídio, posteriormente, com uma arma fria, que teria sido deixada por ele no setor de manutenção da PCE.

“Vamos checar a informação de que a arma deixada por ele no setor não está em seu nome e que poderia ser entregue a algum detento mais tarde”, afirmou.

Conforme o diretor da PCE, o servidor ficou afastado durante anos da função, por problemas de comportamento, chegando a retornar ao trabalho após conseguir uma liminar na Justiça.

“Esse agente estava no setor de qualidade de vida, que faz o monitoramento de pessoas que mexem com entorpecentes ou com problemas de alcoolismo. Ele é um servidor problemático, já ficou fora do sistema por sete anos e só voltou por força de liminar. Ele já estava sendo monitorado há algum tempo”, disse.


Fonte: G1 MT

EXPANSÃO - 15/01/2022

Primacredi irá dobrar o número de agências em 2022

Cooperativa estima a abertura de 30 pontos de atendimento no Estado

Água Boa - MT - 12/01/2022

Prefeito de Água Boa solicita apoio técnico da Defesa Civil Estadual devido as fortes chuvas no município

A grande quantidade de chuvas vem preocupando as autoridades

AGRONEGÓCIO - 09/01/2022

MT foi responsável por 25% das exportações de soja do país

O volume é 5% maior do que 2020 e superou o recorde de 2018, que era de 83 milhões de toneladas.

MATO GROSSO - 07/01/2022

Governo de MT publica edital para cadastro de reserva com 1.200 vagas para a Segurança Pública

No entanto, ainda não há data para a convocação dos classificados.

Ver todos

SELECT * FROM mega_noticias WHERE status > '1' and publicacao <= '2022-01-18 17:49:03' and cat='26' and cod_mega!='3462' ORDER BY publicacao DESC limit 4


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!