Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Gaúcha do Norte,27 de Junho de 2022 - Segunda Feira

Calcário ganha força em tempo de crise nos fertilizantes

As ameaças surgem em razão da guerra que envolve Rússia e Ucrânia

PAÍS | 25/05/2022 - 18:01:39


Calcário extraído no Médio Araguaia; Foto – AGR.

A aplicação de calcário é uma ferramenta necessária para o agronegócio brasileiro e que ganha força com os riscos gerados pelo desabastecimento de fertilizantes. As ameaças surgem em razão da guerra que envolve Rússia e Ucrânia.

O Brasil um dos principais consumidores mundiais de fertilizantes. A calagem, que é a aplicação de corretivos agrícolas como o calcário, proporciona melhor absorção dos nutrientes presentes nos fertilizantes.

Ao longo dos últimos anos, a ampliação da prática da calagem tem sido defendida pela Associação Brasileira dos Produtores de Calcário Agrícola (Abracal), junto aos produtores e autoridades. A entidade congrega perto de 250 indústrias no país. Em 24 de maio, comemora-se o Dia Nacional do Calcário Agrícola.

“Questões técnicas e econômicas nos levam a difundir a calagem. Há eficiência maior quando o fertilizante é aplicado em solos com acidez corrigida. Nos últimos anos, a elevação da cotação do dólar ampliou a importância dessa correção. Esse cenário gerado pela guerra torna ainda mais urgente uma revisão”, diz o presidente da Abracal, João Bellato Júnior.

A calagem começa com a análise do solo. Os resultados dessa análise são interpretados por técnicos, que apontam as quantidades de insumos necessárias por área e em função da cultura que será plantada.

“A calagem é adotada principalmente por produtores rurais e pecuaristas que estão mais tecnificados. Precisamos chegar a outros setores produtivos”, conta Bellato. O Brasil consumiu 54 milhões de toneladas de calcário no ano passado, sendo que o ideal estaria perto de 80 milhões de toneladas.

Calcário potencializa adubação

O calcário não substitui o fertilizante, mas potencializa os resultados da adubação. “A aplicação de fertilizantes em solos ácidos reduz a absorção dos nutrientes presentes nesse fertilizante”, diz Bellato.

Países tropicais, como o Brasil, apresentam solos ácidos em grande parte do território. “Fazer a adubação sem calagem é desperdício na certa”, declara o diretor executivo da Abracal, Euclides Francisco Jutkoski.

A análise passa pelos custos do plantio. O valor investido em uma tonelada de fertilizantes, entre as fórmulas mais comuns, é bem superior ao custo da tonelada de calcário. Engenheiro agrônomo e especialista em solos, Jairo Hanasiro avalia: “fertilizante é em dólar, calcário é em real”.

Já o governo federal está lançando o Plano Nacional de Fertilizantes. Em reunião sobre o plano, a Abracal reforçou a autoridades e pesquisadores a importância da calagem no conjunto de ações previstas no plano.

Efeitos ambientais

A produção do calcário agrícola consiste na cominuição apropriada de rochas carbonáticas abundantes no país, e as jazidas atualmente em operação conseguiriam atender à expansão no consumo, segundo Bellato. A aplicação ganhou maior importância também diante do registro de eventos climáticos extremos que afetam tanto o campo como o ecossistema.

Jairo Hanasiro afirma: “solos corrigidos produzem mais massa vegetal e raízes, elevam a atividade microbiana e se tornam mais estruturados, possuindo uma maior capacidade de infiltração e retenção de água”.

Segundo Hanasiro, “esse cenário fortalece, entre outros, a alimentação dos lençóis freáticos, contribuindo para um manejo mais sustentável da água”.


Fonte: Abracal

MEIO AMBIENTE - 17/06/2022

Fazendeiro é multado em R$ 2 milhões por reincidência no desmate ilegal e uso do fogo

Ao chegar ao local, houve o flagrante de um trator de pneus retirando troncos, galhos e vegetação que estavam sendo suprimidos

CANARANA - 12/05/2022

Canarana ultrapassa 550 mil hectares com lavoura em primeira e segunda safras

Canarana também possui um rebanho de 220 mil cabeças de gado

MATO GROSSO - 04/05/2022

Estiagem coloca em alerta produtividade do algodão no MT

Reserva de umidade do solo pode não ser o suficiente para manter a produtividade atual em algumas regiões de MT

PAÍS - 05/04/2022

Colheita de soja chega a 80% no país

Os trabalhos estão bem adiantados em relação ao ano passado, que tinha 76%

Ver todos

SELECT * FROM mega_noticias WHERE status > '1' and publicacao <= '2022-06-27 00:43:32' and cat='21' and cod_mega!='6393' ORDER BY publicacao DESC limit 4


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!