Gaúcha do Norte,21 de Abril de 2018 - Sábado

França se prepara para greve de professor, controlador aéreo e taxista

Funcionários 'perderam 150 mil postos desde 2007', diz sindicato

25/01/2016 - 11:30:00


Controladores aéreos entrarão em greve na França

Os mais de 5,5 milhões de funcionários, submetidos a um regime de austeridade há mais de cinco anos, exigem um aumento do poder aquisitivo. Os sindicatos convocaram a greve e os protestos.

Os principais sindicatos de controladores aéreos também convocaram a greve e a Direção da Aviação Civil francesa pediu às companhias aéreas o cancelamento preventivo na terça-feira de 20% dos voos. O organismo informou que espera "perturbações em todo o território".

Além da redução do poder aquisitivo, os sindicatos de funcionários denunciam "a perda de postos de trabalho em setores vitais do funcionalismo público".

Eles afirmam que, apesar do anúncio de contratações para 2016 nos setores de segurança (polícia, justiça), depois dos atentados de Paris, e educação, os funcionários "perderam globalmente 150.000 postos desde 2007". Os sindicatos querem "criações líquidas de empregos", particularmente nos hospitais.

Ao mesmo tempo, os taxistas convocaram um dia de grande mobilização, que pode bloquear o tráfego nas estradas e avenidas, especialmente ao redor de Paris e seus aeroportos.

Os taxistas protestam contra o que consideram concorrência desleal das empresas de veículos particulares com motoristas.

Em junho de 2015, os taxistas franceses convocaram uma mobilização pelos mesmos motivos. Na época, o alvo era o UberPop, filial da empresa americana VTC Uber.

O UberPop foi proibido posteriormente na França, mas os taxistas continuam denunciando os "desvios" do setor.


Fonte: G1


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!