Gaúcha do Norte,27 de Setembro de 2020 - Domingo

Potencialidades produtivas de Mato Grosso atraem interesse da China

Estado participou da maior feira internacional para investimento e comércio do mundo

MATO GROSSO | 13/09/2020 - 21:22:00


Estande do Governo de Mato Grosso em evento chinês ocorrido na primeira semana de setembro; Foto – Sedec/MT.

CUIABÁ – As potencialidades econômicas, as possibilidades de investimentos e as oportunidades de negócios de Mato Grosso com a China nortearam a participação do estado na maior feira internacional para investimento e comércio do mundo, realizada nessa semana no continente asiático e que contou com a participação de mais de 20 países. Segundo a organização do evento, cerca de 80 mil pessoas visitaram a feira.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, destacou que o intuito foi levar ao conhecimento dos investidores asiáticos as oportunidades de investimentos em Mato Grosso, bem como mostrar produtos e projetos desenvolvidos no estado e criar oportunidades para empresas mato-grossenses.

“A Sedec vem fazendo a identificação de empresas que tem produtos que possam estar expostos na plataforma criada durante a feira e que será permanente. Não há custo para expor os produtos ou serviços nessa plataforma. É uma grande oportunidade para ir aprendendo como funciona o ambiente de negócios da China e filtrando as informações que realmente vão fazer a diferença, adequar os projetos ao que o investidor asiático está procurando. É um processo de médio e longo prazo”, explicou Miranda.

A assessora internacional da Sedec na Ásia, Ariana Guedes, explicou que as relações comerciais da China com Mato Grosso podem ser ampliadas para além da exportação da soja, do milho e da carne. Segundo ela, há empresas na China interessadas em oferecer novos produtos de tecnologia, principalmente voltado ao setor médico, bem como trades chinesas interessadas em importar alimentos do estado. “Mato Grosso é muito estratégico para os chineses no nível de importação de alimentos e de exportação de tecnologias voltadas para infraestrutura, logística e inovação”, disse.

Sabendo dessas oportunidades é que a Casa do Peixe, localizada em Cuiabá, participou dessa edição da CIFIT e difundiu o peixe mato-grossense para as pessoas que visitaram o estande da feira ou as que acessaram a plataforma virtual do evento.

“Nossa expectativa pós-feira é de, com o apoio do Governo do Estado, ampliarmos nossa rede de networking, estreitar relações com possíveis compradores, termos a oportunidade de explicar melhor sobre nossos produtos e nosso estado e quem sabe conseguirmos fechar negócio”, disse Vinicius Zanin Gabriel, do setor administrativo da empresa.

A Universidade Estadual de Mato Grosso também foi uma das instituições que representou Mato Grosso na CIFIT. No estande e na plataforma do estado foram apresentados dez projetos voltados para a tecnologia e inovação, desenvolvimento sustentável e comércio exterior.

De acordo com Andréa dos Santos Oliveira, professora do curso de agronomia e diretora de políticas interinstitucionais da Unemat de Cáceres, os projetos foram desenvolvidos com o objetivo de solucionar demandas do estado, visando melhorias no sistema produtivo, desenvolvimento de sistemas, aproveitamento e uso de materiais e indicadores para o comércio exterior de produtos silvícolas.

“São projetos que economicamente podem proporcionar melhorias nos processos de produção, viabilizando as inovações e trazendo avanços em termos de tecnologia para o estado. Consequentemente a viabilidade econômica traz melhorias em aspectos sociais, como transformação e melhoria na qualidade de vida, melhoria nas relações de trabalho e crescimento sustentável, atendendo assim as necessidades do estado. As expectativas com nossa participação são enormes, principalmente pela possibilidade de investimento que pode ocorrer”, comentou Andréa dos Santos.

O estado de Mato Grosso foi representado na CIFIT pelas seguintes empresas e entidades: Instituto Mato-grossense de Carne (Imac), APROFIR, Bio Bebidas, Casa do Peixe, Drogaria Cidade Alta, FECOMÉRCIO, Golden Imex, Imac, Inovam, MAFRA, Mandioca Aricá, PECSA, Soul Fish, Supermercado Paulista e Verdão- Materiais para construção.

Feira

A CIFIT – China International Fair for Investment and Trade foi realizada de 08 a 11 de setembro na cidade de Xiamen, província de Fujian na China e reuniu organizações internacionais, agências governamentais nacionais, associações de negócios e empresas, bem como escritórios de governos estrangeiros, embaixadas e consulados estrangeiros na China. Além de exposição física e virtual, foi realizado durante o evento o Fórum Global de Investimentos 2020 e nove fóruns e seminários paralelos. A feira é patrocinada pelo Ministério do Comércio da China e reconhecida como maior evento de promoção de investimentos segundo a Associação Global da Indústria.

Negócios

A equipe de Comércio Exterior da SEDEC continuará desenvolvendo trabalhos de divulgação de produtos e serviços das empresas de MT que queiram estreitar relações comerciais com a Ásia. Interessados podem procurar o setor de comércio exterior desta secretaria.


Fonte: Julianne Caju/Sedec MT.


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!