Gaúcha do Norte,16 de Agosto de 2018 - Quinta Feira

Polícia Militar conversa com crianças sobre comportamento e cuidados no trânsito

Momento foi promovido pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

07/06/2018 - 12:10:25


Prezando pela vida e formação de bons cidadãos, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos através do CRAS e da Secretaria de Assistência Social promoveu uma conversa com as crianças e adolescentes do POPSEC (Programa de Oficinas Pedagógicas Sócio Educativas). O momento foi realizado na quarta-feira (06) e ministrado pela Polícia Militar de Gaúcha do Norte.

Comportamento e cuidados no trânsito foram os assuntos abordados. O Subtenente PM Adelino Dantas conversou com meninos e meninas e falou dos cuidados necessários ao transitar pelas ruas seja a pé ou de bicicleta e da importância do bom comportamento na escola e no projeto social, como foi o caso. “Estamos fazendo um papel preventivo, esclarecendo para as crianças alguns cuidados que elas têm que tomar no trânsito para evitar acidentes, como a gente já sabe, aqui na cidade já houve acidente de trânsito envolvendo crianças e até com vítima fatal. Também abordamos o comportamento na escola, e que são os pais ou responsáveis que são responsabilizados pelos atos de mau comportamento”, disse Dantas.

Cuidados importantes como não atravessar a rua sem olhar para trás, não utilizar o fone de ouvido enquanto estiver trafegando pelas vias, andar sempre do lado direito da rua, assim como não agredir os colegas verbalmente e fisicamente, respeitar os colegas e professores foram alguns dos pontos abordados.

O objetivo dessa atividade é promover o fortalecimento de vínculo entre essas crianças e o projeto. “Fazemos o acompanhamento semanal dessas crianças e adolescentes e esses assuntos vem para alertar e trazer conhecimento para eles”, apontou a psicóloga do CRAS Raquel Puhl.

“A PM se sente lisonjeada por essa importância a que é dada. Pudemos transmitir um pouco da nossa vivência e do nosso conhecimento que temos a respeito dos assuntos. É muito importante esse contato, pois, acaba aproximando cada vez mais a PM dessa faixa etária da comunidade, desmistificando alguns conceitos estabelecidos para esse público. Não queremos que eles sintam medo e que vejam a polícia como inimiga, estamos aqui para mostrar que somos amigos, queremos que essas crianças confiem em nós”, finalizou o Subtenente.


Fonte: Assessoria de Imprensa


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!