Gaúcha do Norte,26 de Outubro de 2020 - Segunda Feira

Menor morto em confronto com a PM em Várzea Grande já havia sido preso em Gaúcha do Norte

Na época, suspeito estava envolvido no roubo de um veículo Fiat Toro

POLÍCIA | 24/09/2020 - 05:30:23


VÁRZEA GRANDE – Marcos Vinicios Pereira Lacerda (17) morreu em uma troca de tiros com policiais militares, na noite de segunda-feira (21), na Comunidade do Formigueiro, em Várzea Grande. Ele é de Canarana e vastamente conhecido das forças policiais na cidade e região.

Em janeiro de 2019, o menor juntamente com outros dois comparsas, na época também menores de idade, foram presos em Gaúcha do Norte pelo crime de roubo de um veículo Fiat Toro registrado no município de Canarana. Além dos suspeitos levarem o veículo que era utilizado como táxi, também levaram dinheiro, pertences e agrediram a vítima.


Na época, os três menores suspeitos do roubo foram presos e o veículo foi recuperado pela PM de Gaúcha do Norte.

PM recupera veículo e prende três menores em Gaúcha do Norte por roubo de Fiat Toro em Canarana

CANARANA

No município ele era conhecido como ‘Zói’ e é um dos suspeitos de vários crimes em Canarana, inclusive da recente tentativa a roubo a um senhor de idade na loja Trekos e Tarekos, em que desferiu vários tiros contra o idoso.

A Polícia Civil disse que ele foi responsável por diversos atos infracionais no interior do estado e era procurado aqui em Canarana. Marcos era comparsa de Yan Marlon de Oliveira (26), que também foi morto na troca de tiros com a PM. Este último seria responsável por ter participado de um roubo de um carro no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, na última quinta-feira (17/09).

Na ocasião, eles agrediram a dona do veículo com chutes e ameaçaram uma criança de 12 anos.

O caso

Os criminosos foram abordados após subtraírem um aparelho celular no bairro Paiaguás, em Cuiabá. Eles estavam em um carro Renault Clio quando perceberam a movimentação da polícia e tentaram fugir.

Em determinado momento, a dupla desceu do veículo e efetuou diversos disparos contra a guarnição que revidou. Após serem atingidos, os suspeitos caíram no chão e não resistiram aos ferimentos.

Com eles foram encontrados dois revólveres calibre 38.

Os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados e constataram o óbito dos dois homens.

De acordo com a PM, os outros suspeitos que estavam no Clio fugiram e não foram mais localizados. A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) foi acionada para investigar o caso.


Fonte: Informações de Araguaia FM e Hipernotícias


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!