Gaúcha do Norte,16 de Setembro de 2019 - Segunda Feira

Fazenda Barranco Alto recebe Dia de Campo de pecuária

Projeto Bezerro Sustentável que visa melhorar os resultados do segmento da cria foi abordado durante o debate

22/05/2019 - 06:33:59


Durante o último sábado (18.05), a classe pecuarista de Gaúcha do Norte prestigiou o Dia de Campo realizado na Fazenda Barranco Alto, propriedade do médico veterinário e membro da ACRIMAT (Associação dos Criadores de Mato Grosso), Marcos Jacinto. O evento foi uma realização da CIA. De Melhoramento.

O evento agregou informação e conhecimento aos pecuaristas e profissionais da área, tratando sobre o plano de recuperação de solo, do programa de gestão adotado pela fazenda e com abordagem no Projeto Bezerro Sustentável.

O trabalho de anos foi demonstrado no curral onde foram apresentados lotes de novilhas precoces CEIP, primíparas SP e precoces paridas, matrizes do rebanho, touros CEIP safra 2017. Pontuando a evolução, velocidade de crescimento e precocidade sexual.

Emocionado, o proprietário da fazenda falou sobre o evento. “Nossa ideia é trazer tecnologia para a região e mostrar a evolução do nosso rebanho a evolução das pastagens, enfim, mostrar nossos resultados dentro da atividade”, pontuou Marcos Jacinto.

Projeto Bezerro Sustentável

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), em parceria com o IDH e Grupo Carrefour, desenvolveu o projeto “Produção Sustentável de Bezerros”, com o objetivo de oferecer aos produtores de carne de Mato Grosso, ferramentas que permitam melhorar os resultados do segmento da cria nos aspectos, econômicos, ambientais e sociais.

O projeto visa atender cerca de 300 propriedades no Vale do Araguaia, nas cidades de Gaúcha do Norte, Paranatinga e Ribeirão Cascalheira, melhorando a qualidade dos bezerros produzidos, viabilizando a recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP), aumentando a produtividade dentro da propriedade e assim garantindo melhor renda para todos os agentes da cadeia.

O projeto tem duração de 36 meses e os interessados em participaram podem procurar o Tito na EMPAER ou o Augusto Niedermayer. Após identificado o interesse em participar do projeto, a propriedade vai receber uma visita dos técnicos do projeto, onde será elaborado um pré-cadastro e uma avaliação. Após estudo em cima dos dados colhidos, a equipe retorna a propriedade para levar a proposta de trabalho.

Barranco Alto

Propriedade passada de pai para filho, a fazenda Barranco Alto trabalha com pecuária desde 1974 e atua no ciclo completo de cria, recria e engorda além do processo de melhoramento genético do rebanho. “Selecionamos os melhores animais de cada safra e eles se tornam reprodutores com certificado junto ao Ministério da Agricultura, já o restante do rebanho que não foi selecionado como touro vai para o abate”, pontuou o proprietário, o médico veterinário Marcos Jacinto.

“Primeiro tentamos nos manter na atividade, ser produtivo e ter renda e em segundo momento buscamos ser referência naquilo que fazemos, esse é nosso desafio”, finalizou.

 

 

 

 

 


Fonte: Redação


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!