Gaúcha do Norte,06 de Dezembro de 2019 - Sexta Feira

DSEI Xingu de Canarana é alvo de operação para apurar fraudes em licitações e desvio de recursos

Além das fraudes em licitações, há suspeita de falsificação de documento, dentro do DSEI

25/07/2019 - 05:53:00


CANARANA – O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Canarana foi alvo na quarta-feira, 24, de uma operação que visa apurar fraudes em licitações e desvio de recursos. Três mandados de busca e apreensão também foram cumpridos. A ação foi realizada pela Polícia Federal (PF) em apoio ao Ministério Público Federal (MPF) de Barra do Garças.

Além das fraudes em licitações, há suspeita de falsificação de documento, dentro do DSEI. O MPF também solicitou o afastamento de um funcionário.

No início de junho, uma operação semelhante apurou o desvio de R$ 2,5 milhões da saúde e alimentação de indígenas, no distrito Kaiapó. Na ocasião, sete mandados de busca e apreensão em endereços de pessoas físicas e jurídicas nas cidades de Colíder, a 648 km de Cuiabá, e Peixoto de Azevedo, a 692 km da capital.

As investigações que desencadearam a operação no DSEI Kaiapó identificaram fraude na licitação para aquisição de refeições para os indígenas, pagamentos sem contratos, superfaturamento nas quantidades e adulteração nos controles das refeições servidas.

Também foram constatadas condições precárias de armazenamento dos alimentos, cozinhas inadequadas e falta de refeitório para atender os pacientes acomodados nas CASAIs dos municípios de Colíder e de Peixoto de Azevedo.


Fonte: O Pioneiro


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!