Gaúcha do Norte,19 de Dezembro de 2018 - Quarta Feira

Exportações mato-grossenses recuam no 1º semestre

O volume exportado retraiu 18%

05/07/2017 - 21:33:27


As exportações realizadas por Mato Grosso recuaram 2,07% no 1º semestre. A queda é referente ao valor comercializado, que caiu de US$ 8,216 bilhões nos primeiros 6 meses do ano passado para US$ 8,046 bilhões este ano. O volume exportado retraiu ainda mais, saindo de 24,031 milhões de toneladas no 1º semestre de 2016 para 19,625 milhões (t) este ano, retração de 18%. Os números foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) nesta terça-feira (4).

Nos 3 primeiros meses do ano houve baixa nas exportações do Estado, e o recuo chegou a 13,79%, com a venda de US$ 3,278 bilhões, contra os US$ 3,802 bilhões de igual período de 2016. No 2º trimestre, o momento foi de recuperação do mercado, com a exportação de US$ 4,767 bilhões em produtos, 8% superior ao negociado no mesmo trimestre de 2016, de US$ 4,413 bilhões. O maior volume do ano foi registrado em maio, quando o Estado exportou US$ 1,631 bilhão, alta de 2,81% sobre o mesmo mês de 2016 (US$ 1,586 bilhão).

O destaque nos embarques estaduais mais uma vez ficou com a soja. O grão, sozinho, responde por 67,7% do volume exportado pelo Estado, sem contar os derivados. Em valores, a exportação de soja avançou 17% no semestre, saindo do patamar de US$ 4,657 bilhões em 2016 para US$ 5,453 bilhões em 2017. Já na quantidade, houve recuo de 9,97%, sendo exportado 14,377 milhões (t) no 1º semestre, contra 12,943 milhões (t) no ano anterior.

Na contramão da soja, a exportação de milho recuou 76,77% perante 2016, reduzindo o valor exportado no 1º semestre do ano passado de US$ 1,208 bilhão para US$ 280,719 milhões este ano. A principal explicação está no recuo de preço do produto. De acordo com o economista Vitor Galesso, especialista em Comércio Exterior, há uma tendência de redução no volume exportado este ano, em contraste com a valorização de preço de alguns produtos e a desvalorização de outros, já que o valor comercializado se manteve, mas o volume de produtos reduziu. “No caso da soja, significa que para quem vende, a receita está maior do que no ano anterior”, aponta.

O economista destaca que a soja é um dos produtos que recuperou o preço este ano. Segundo ele, se a tendência se mantiver, o Estado deve superar o valor das exportações em 2017, após a queda registrada no ano passado, quando o valor total exportado durante o ano alcançou os US$ 12,588 bilhões, com recuo de 3,69% perante 2015, quando a exportação atingiu os US$ 13,070 bilhões. O valor exportado, inclusive, vem caindo desde 2013, quando atingiu US$ 15,815 bilhões.


Fonte: SÓ NOTÍCIAS


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!