Gaúcha do Norte,26 de Maio de 2019 - Domingo

Agrianual 2019 traz estatísticas de 55 culturas e questiona competitividade do agro brasileiro

Mas, até quando vai a competitividade do agro brasileiro? Esta é a questão-chave do Agrianual 2019

28/11/2018 - 06:23:03


O agronegócio brasileiro exportou US$ 96 bilhões no ano passado e importou pouco mais de US$ 14 bilhões, com superávit próximo de US$ 82 bilhões. Com ligeiras oscilações, esse resultado impressionante vem se mantendo nos últimos anos. Mas, até quando vai a competitividade do agro brasileiro?

Esta é a questão-chave do Agrianual 2019 – Anuário da Agricultura Brasileira, editado pela Informa FNP, importante consultoria global de informações em agronegócios, que acaba de chegar ao mercado.

“O agro brasileiro tem vantagens conhecidas, mas a crise econômica e moral comprovadamente afeta a credibilidade dos produtos brasileiros no exterior”, ressalta Roberto Souza, diretor da Informa FNP. “Medidas do governo também têm contribuído negativamente para o desempenho do setor produtivo nacional”.

“A decisão de restringir o uso de aviões agrícolas, por exemplo, pode parecer sem graves consequências, mas reduz nossa competitividade junto a outros países que não impõem obstáculos a esta tecnologia”, explica Souza.

O Agrianual 2019 inclui detalhada análise da competitividade da soja, milho, algodão, açúcar, etanol, café, celulose e suco de laranja em relação aos principais concorrentes globais.

A publicação, que chega à 24ª edição, tem muito mais. São 448 páginas de análises e estatísticas sobre 55 culturas agrícolas, além de dados preliminares do Censo Agropecuário 2017, conteúdo exclusivo sobre biocombustíveis, mecanização da agricultura, indicadores econômicos, preços, custos, oferta x demanda, exportação x importação.

Trata-se de um conteúdo único, produzido por dezenas de especialistas da Informa FNP, inclusive com apoio de nossos escritórios espalhados pelo mundo. O Agrianual 2019 também tem o balanço mundial de produção, área, exportação e importação das principais culturas”, destaca o gerente Victor Carvalho.

Um capítulo especial discute a questão das Terras. Foram analisadas as 133 regiões FNP do Brasil em termos de valorização e preços, além dos dados de terras nos Estados Unidos.

“O agro brasileiro é fantástico. Talvez seja o único polo dinâmico da economia brasileira atualmente, em que pese a turbulência político-econômica. Mas até quando o setor conseguirá resistir?”, questiona o gerente da Informa FNP.

 


Fonte: Midia News


Quer receber as notícias do Gaúcha News no seu e-mail? Cadastre-se!